Materiais/Cursos
- Pessoal
- Alimentação
- Extras
- Jogos e Esportes
- Informática
- Artes
- Telefônia
- Dinheiro
- Música
- Concursos
- Adulto
 
Dicas e Guias
- Artes e Cultura
- Ciências e Experiências
- Compras e Serviços
- Culinária e Receitas
- Dinheiro e Finanças
- Educação e Sabedoria
- Esportes e Jogos
- Estética e Beleza
- Estudos Bíblicos
- Fontes de Referência
- Games e Truques
- Histórias e Contos
- Humor e Piadas
- Internet e Informática
- Lazer e Diversão
- Limpeza e Consertos
- Mágicas e Truques
- Música e Instrumentos
- Saúde e Tratamentos
- Outros - Variados
Escreva uma Dica!
Mensagens
- Amizade
- Estudos e Cursos
- Humor
- Natureza
- Pessoa
- Reflexão
- Religiosa
- Saúde
- Vida
Envie sua Mensagem
 
Sites de Conteúdo Gratuito
- acesso grátis
- albúm de foto
- agenda virtual
- antivírus grátis
- bate papo
- blogs & Cia
- bookmarks
- brindes e prêmios
- cartões virtuais
- classificados virtuais
- cliparts grátis
- comparação de preços
- culinária
- dinheiro
- discos virtuais
- downloads
- drives
- ebook grátis
- email grátis
- educação
- empregos
- fontes grátis
- humor
- infantil
- jornal e revistas
- leilões virtuais
- lista de discussão
- música gratis cifra
- música grátis mp3
- namoro online
- tradutores online



Receba
Novidades em seu e-mail

Curso - Melhore sua Aparência Fisica
Material de Curso - Melhore Sua aparência Fisica



Nota: Tal como a sua postura pode sofrer com o tipo
de cadeira em que se senta para trabalhar (especialmente
se for de má qualidade), também o seu andar pode ser
deformado se não calçar sapatos adequados. As
mulheres baixas tem tendência para calçar sapatos com
saltos muito altos, que tornam o seu andar pesado e
desajeitado, e magoam os pés e os calcanhares, já para
não falar na coluna. Sapatos com saltos de cerca de
quatro centímetros não muito bicudos tornam o andar
mais elegante e são muito menos prejudiciais à coluna.
Logo que os seus sapatos comecem a estar gastos,
mande-os arranjar. Ter saltos e solas em boas condições
é essencial para manter uma coluna saudável e um andar
fluido e elegante.

Os seus movimentos

Se quer adquirir uma personalidade magnética, os
seus movimentos devem ser elegantes e equilibrados.
Digamos que se mexe muito – faz gestos bruscos e
exagerados. Tem de aprender a controlá-los e a
limitá-los até certo ponto. Na generalidade, os gestos
estrondosos e descontrolados indicam um carácter
extrovertido e vistoso que pode ser um tanto cansativo
para as pessoas à sua volta. Se estiver nesta categoria,
aprenda a moderar os seus movimentos.
Por outro lado, se é uma pessoa introvertida, é
provável que seja demasiado comedida nos seus gestos.

Neste caso, terá de aprender a libertar um pouco o
corpo. É como se vestisse uma camisa-de-forças
emocional e física, que tem obrigatoriamente de
despedaçar se quer libertar o magnetismo e o encanto
pessoal.
Controlar os gestos significa automaticamente
controlar as emoções, porque os nossos movimentos são
um reflexo da forma como nos sentimos.

Tome consciência dos seus movimentos

Seria capaz de descrever os seus gestos? Tem
consciência deles? Para poder moderá-los ou
amplificá-los, é necessário que tome conhecimento
deles. Se tem dúvidas, o seguinte teste irá ajudá-lo a
classificar metodicamente a formal como se move em
várias situações.

TESTE: Tome consciência dos seus gestos
Aqui se segue uma lista de adjectivos que se podem
aplicar aos seus gestos:

Generosos Incertos
Bruscos Lentos
Constrangidos Desastrados
Desordenados Metódicos
Exagerados Precisos
Insuficientes Sacudidos
Rápidos Secos

Responda às seguintes perguntas com três destes
adjectivos:

1. Quando se lava de manhã, os seus gestos são:
2. Quando faz as malas, os seus movimentos são:
3. Quando está a preparar-se para sair e vê que está
atrasado, os seus movimentos são:
4. Quando está a colar uma peça quebrada, os seus
movimentos são:
5. Quando está descontraído, com amigos, os seus
gestos são:
6. Quando está a trabalhar e sabe que alguém está a
observá-lo, os seus movimentos são:
7. Se está sentado à cabeça de uma mesa num jantar,
os seus movimentos são:

Agora tome as qualidades que aparecem três ou mais
vezes na sua lista e escreva-as numa folha de papel.
Tem agora um perfil da forma como move o seu corpo.
Está preparado para um exercício que o ensinará a ter
plena consciência dos seus restos.

EXERCÍCIO: MÍMICA

Este é de certa forma um exercício especial, porque
pode adaptá-lo a qualquer situação causadora de
ansiedade, sempre que sinta instintivamente a
necessidade de ter mais autoconfiança.

1. Coloque-se à vontade frente ao seu espelho.
2. Imagine que foi convidado para uma festa. Está de
pé, com um copo na mão, no meio de uma
conversa com outro convidado. Um criado
aproxima-se com uma bandeja de acepipes.
3. Agora, analise cada um dos seus gestos:
• Sorri à pessoa que segura na bandeja, olhando-o
directamente nos olhos.
• Sem mover as mãos, olha para o conteúdo da
bandeja.
• Levanta lentamente a mão que tem livre e pega no
acepipe mais próximo.
• Calmamente, pega no acepipe e, antes de o levar à
boca, sorri para a pessoa com quem estava a falar.

Este exercício tão simples e efectivo pode ser
adaptado a qualquer situação. Poderia imaginar que está
na caixa de um supermercado, a pagar as suas compras
e a arrumá-las nos sacos.
Faça uma lista de todas as situações em que é
sistematicamente desastrado e adapte-as a este
exercício. Procure os resultados só ao fim de alguns
dias.

EXERCÍCIO: MANTER A CALMA

Talvez pertença à categoria das pessoas que
gesticulam muito ao falar. Este exercício ajudá-lo-á a
manter a calma quando fala com amigos ou colegas.
1. Sente-se confortavelmente em frente ao seu velho
e fiel amigo, o espelho.
2. Fale consigo próprio acerca do seu dia, ou acerca
de outro assunto que lhe passe pela cabeça, sem
fazer o mais pequeno gesto. Se mexer o dedo
mindinho, recomece tudo de novo.
A primeira sessão não deve durar mais que 3
minutos. Quando se acostumar, pode aumentar a
duração um pouco mais. Se, após algumas semanas, é
capaz de se contar uma história com a duração aproximada
de 15 minutos sem se mexer de todo, então está
curado.
Enfrentará os seus amigos e colegas calmamente de
uma forma serena e convincente.

Desta forma, aprende a economizar os seus gestos
naturalmente.
Outro conselho para tornar os seus gestos mais
confiantes e fluidos: leia um livro sobre etiqueta social.
Já o mencionámos, no capítulo anterior. Nesse capítulo,
sugerimo-lo como uma maneira de ganhar
autoconfiança quando comunica com outras pessoas.
Mas quantos gestos desajeitados acha que são causados
pela falta de própria confiança? Saber exactamente o
que fazer e não fazer em determinada situação pode
ajudá-lo a dominar os seus gestos, tornando-os mais
dóceis e mais estudados. Isto contribuirá para o seu
sentido de segurança e torná-lo-á mais autoconfiante.

Página Anterior
Próxima Página
voltar próximo
1 - 2 - 3 - 4 - 5 - 6

 
 

 

IdealGratis.com © Copyright - Todos os direitos reservado aos seus respectivos Autores. - Envie seu Material - | Parceiros
Escolha seu Idioma:
English (British)
Spanish
French
Italian
Deutsch