Materiais/Cursos
- Pessoal
- Alimentação
- Extras
- Jogos e Esportes
- Informática
- Artes
- Telefônia
- Dinheiro
- Música
- Concursos
- Adulto
 
Dicas e Guias
- Artes e Cultura
- Ciências e Experiências
- Compras e Serviços
- Culinária e Receitas
- Dinheiro e Finanças
- Educação e Sabedoria
- Esportes e Jogos
- Estética e Beleza
- Estudos Bíblicos
- Fontes de Referência
- Games e Truques
- Histórias e Contos
- Humor e Piadas
- Internet e Informática
- Lazer e Diversão
- Limpeza e Consertos
- Mágicas e Truques
- Música e Instrumentos
- Saúde e Tratamentos
- Outros - Variados
Escreva uma Dica!
Mensagens
- Amizade
- Estudos e Cursos
- Humor
- Natureza
- Pessoa
- Reflexão
- Religiosa
- Saúde
- Vida
Envie sua Mensagem
 
Sites de Conteúdo Gratuito
- acesso grátis
- albúm de foto
- agenda virtual
- antivírus grátis
- bate papo
- blogs & Cia
- bookmarks
- brindes e prêmios
- cartões virtuais
- classificados virtuais
- cliparts grátis
- comparação de preços
- culinária
- dinheiro
- discos virtuais
- downloads
- drives
- ebook grátis
- email grátis
- educação
- empregos
- fontes grátis
- humor
- infantil
- jornal e revistas
- leilões virtuais
- lista de discussão
- música gratis cifra
- música grátis mp3
- namoro online
- tradutores online



Receba
Novidades em seu e-mail

Curso de manutenção de computadores
Material de Curso de manutenção de computadores
Gratuito



 

 Parte 2: Montagem e Configuração

INICIANDO A MONTAGEM

Vemos atualmente, placas mãe que utilizam gabinetes AT, e outras que utilizam gabinetes ATX. Apesar da montagem em ambos os casos envolver basicamente os mesmos processos, existem algumas poucas diferenças a serem analisadas. Para facilitar as coisas, primeiramente vou descrever os processos de montagem utilizando uma placa mãe AT e um gabinete mini-torre, e em seguida vou apenas explicar as diferenças (quando existirem) quando usamos um gabinete e uma placa mãe ATX.
Para montar um micro, não é preciso muitas ferramentas. Uma chave de fenda estrela e outra comum de tamanho médio já dão conta do recado. Algumas outras ferramentas como chaves hexagonais (ou chaves "canhão"), pinças, um pega-tudo e um pouco de pasta térmica também são bastante úteis. Os parafusos necessários acompanham a placa mãe e demais componentes.
Iniciando a montagem, o primeiro passo é abrir o gabinete e desprender a chapa de metal onde encaixaremos a placa mãe. Após encaixada a placa mãe na chapa de metal, podemos realizar várias etapas da montagem antes de novamente prender a chapa ao gabinete, assim teremos muito mais facilidade para encaixar as memórias, processador, encaixes do painel do gabinete, cabos flat e também para configurar os jumpers da placa mãe.
Para prender a placa mãe à chapa de metal do gabinete, utilizamos espaçadores e parafusos hexagonais. Os espaçadores são peças plásticas com formato um pouco semelhante a um prego. A parte pontiaguda deve ser encaixada nos orifícios apropriados na placa mãe, enquanto a cabeça deve ser encaixada nas fendas da chapa do gabinete.

A placa mãe não ficará muito fixa caso usemos apenas os espaçadores. Para mantê-la mais firme, usamos também alguns parafusos hexagonais. O parafuso é preso à chapa do gabinete, sendo a placa mãe presa a ele usando um segundo parafuso. Dois parafusos combinados com alguns espaça-dores são suficientes para prender firmemente a placa mãe.



Prender a placa mãe à chapa do gabinete, é uma das etapas mais complicadas da montagem.
O primeiro passo é examinar a placa mãe e a chapa para determinar onde a furação de ambas se combina. Para apoiar melhor a placa mãe, você também pode cortar o pino superior de alguns espaçadores, usando um faca, tesoura ou estilete, e usá-los nos orifícios da placa mãe que não tem par na chapa.

O primeiro passo para fixar a placa mãe à chapa do gabinete é
verificar em que pontos a furação se combina (1)
Agora você deve parafusar os parafusos hexagonais na placa na
chapa de metal do gabinete que correspondem aos encontrados na placa mãe (2)
e encaixar os espaçadores na placa mãe (3)
Basta agora apenas encaixar a placa mãe na chapa. Na foto 4 temos um espaçador sendo encaixado numa fenda da chapa do gabinete, e no detalhe o temos firmemente encaixado.
Finalizando o encaixe, temos agora apenas que parafusar a placa mãe onde colocamos parafusos hexagonais (5).

ENCAIXANDO O PROCESSADOR


Com a placa mãe firmemente presa à chapa de metal do gabinete, podemos continuar a montagem, encaixando o processador. Para encaixar um processador soquete 7, basta levantar a alavanca do soquete ZIF, encaixar o processador e baixar a alavanca para que ele fique firmemente preso. Não se preocupe em encaixar o processador na posição errada, pois um dos cantos do processador e do soquete possuem um pino a menos, bastando que os cantos coincidam.



Pino de orientação no processador e no soquete ZIF.
O processador deve encaixar-se suavemente no soquete. Para resfriar o processador quando em uso, devemos encaixar o cooler sobre ele.
Ao contrário dos demais processadores que usam o soquete 7, o Pentium II, Pentium III e o Celeron Slot One usam um encaixe diferente, batizado pela Intel de Slot One. Apesar do encaixe destes processadores ser um pouco mais trabalhoso, não chega a ser mais difícil, exigindo apenas um pouco mais de paciência. No caso do Celeron soquete 370 ou PPGA, o processo de encaixe é igual ao dos processadores soquete 7, incluindo o encaixe do cooler.
Para encaixar o Pentium II, o primeiro passo é encaixar os suportes plásticos que servem de apoio ao processador. O suporte para o Pentium II é preso à dois orifícios na placa mãe usando presilhas. Pra encaixa-lo, basta soltar as duas presilhas, encaixa-las na placa mãe, encaixar o suporte e em seguida novamente parafusa-lo às presilhas.



Após prender os suportes à placa mãe, basta apenas encaixar o Pentium II como um cartucho de vídeo game. Não se preocupe, não há como encaixar o processador de maneira errada, pois as fendas existentes no slot one permitem que o processador seja encaixado apenas de um jeito. Não esqueça também de ligar o cabo de força do cooler ao conector de 3 pinos ao lado do slot one.
O encaixe do Celeron é idêntico ao do Pentium II. Não se esqueça de usar os suportes plásticos, caso contrário o processador ficará solto, o que pode causar mal contato.

ENCAIXANDO OS MÓDULOS DE MEMÓRIA

O encaixe dos módulos de memória é uma operação bastante simples. Para encaixar um módulo de 30 ou 72 pinos, basta primeiro encaixá-lo inclinado no soquete, empurrando-o a seguir para que assuma sua posição vertical.


Para evitar que o módulo seja encaixado invertido, basta verificar a saliência que existe num dos lados do pente, que deve corresponder à fenda encontrada em um dos lados do soquete.

Encaixar módulos DIMM de 168 vias também é bastante simples. Solte as travas plásticas do soquete, encaixe o pente, como um cartucho de vídeo game, Faça força com ambos os polegares e ao mesmo tempo puxe as travas usando os indicadores. Se preferir, você pode também encaixar primeiro um lado e depois o outro, fazendo movimentos alternados. As travas fecharão conforme os pentes forem sendo encaixados.

CONFIGURAÇÃO DOS JUMPERS

Como já vimos, os jumpers são pequenas peças plásticas, internamente metalizadas que servem para criar uma corrente elétrica entre dois contatos. Através do posicionamento dos jumpers, informamos à placa mãe como ela deve operar. A configuração dos jumpers é a parte da montagem que exige maior atenção, pois uma configuração errada fará com que o micro não funcione adequadamente, podendo inclusive danificar componentes em casos mais extremos (configurando para o processador uma voltagem muito maior do que o normal, por exemplo).
Para saber a configuração correta de jumpers para a sua máquina, você deve consultar o manual da placa mãe. Como exemplo vou usar o manual de uma placa da PCChips, o que lhe dará uma boa base para configurar qualquer placa mãe com a ajuda do respectivo manual. Escolhi o manual desta placa, pois devido ao baixo custo, estas placas parecem ser as mais utilizadas atualmente. No manual encontramos duas páginas dedicadas a nos ajudar a configurar os jumpers da placa, que podem ser vistas a seguir:

Página Anterior
Próxima Página
voltar próximo
1 - 2 - 3 - 4 - 5

Parte 01 - Conhecendo os Componentes
Parte 02 - Iniciando a Montagem
Parte 03 - A - Processadores
Parte 04 - B - Processadores
Parte 05 - Memoria RAM
Parte 06 - Disco Rigido
Parte 07 - Placas Mãe
Parte 08 - Placas de Video e Monitores
Parte 09 - Outros Periféricos
Parte 10 - Setup
Parte 11 - Gravando em CD

 
 

 

IdealGratis.com © Copyright - Todos os direitos reservado aos seus respectivos Autores. - Envie seu Material - | Parceiros
Escolha seu Idioma:
English (British)
Spanish
French
Italian
Deutsch